Sistema Integrado de Gestão

Qualidade

Consideramos essencial garantir a satisfação e a fidelidade dos nossos Clientes e Consumidores e para tal procedemos diariamente a um controlo rigoroso que se estende a todo o processo de fabrico.

Sendo a segurança alimentar uma das componentes da nossa Política Integrada, temos implementado o Sistema de auto-controlo HACCP, através do qual garantimos e controlamos todo o processo de produção, desde a receção das matérias-primas. Este controlo é efetuado de acordo com um conjunto de medidas preventivas que têm, precisamente, como objetivo controlar os pontos críticos do processo produtivo, garantindo que não existe perigo, para o consumidor, em ingerir os produtos SALOIO.

 

Para além do sistema HACCP, a Saloio integrou no seu Sistema de Gestão da Qualidade e Segurança Alimentar a certificação do referencial IFS Food para o âmbito “Fabrico de Queijo Curado, Requeijão e Queijo Processado na Unidade de Ponte do Rol, Torres Vedras.

 

A SALOIO dispõe de uma bolsa de vários auditores internos que, de acordo com o estabelecido, realizam auditorias internas. Nas suas instalações existe um laboratório de controlo da qualidade onde, em média, são realizadas mais de 3500 análises mensais a leite, águas, meio ambiente, produto final e outros.


Ambiente

 

A SALOIO é uma empresa que se encontra implantada no mercado há diversos anos e, consciente das implicações da sua atividade produtiva, encontra-se seriamente empenhada na promoção de um ambiente saudável.

 

Desta forma, integramos a gestão ambiental como uma das prioridades estratégicas da empresa, efetuando o controlo dos aspetos e impactos ambientais como medida de prevenção e controlo de poluição, em particular no que respeita à racionalização e eficiência dos recursos utilizados, nomeadamente pela redução do consumo de água e energia, e controlo de efluentes.

 

A Política Integrada da Saloio identifica várias áreas de atuação como:

o cumprimento dos requisitos legais e outros aplicáveis;

a qualidade e inovação dos produtos e serviços;

a proteção do meio ambiente, através de uma  eficiente utilização dos recursos e da prevenção da poluição;

a formação dos seus colaboradores bem como a comunicação e  envolvimento de outras partes interessadas relevantes;

a promoção das boas práticas sociais e da melhoria contínua;

respeitar os valores éticos baseados na responsabilidade e confidencialidade.

 

Veja a Política Integrada Set 2017 (PDF)

Em 2007, a SALOIO integrou o sistema de gestão ambiental (NP EN ISO 14001:2004) no sistema de gestão da qualidade, tendo obtido a certificação ambiental em 2009. Em 2018 a Saloio efetuou a transição para a NP EN ISO 14001:2015 para o âmbito “Fabricação de Queijo Curado, Queijo Fresco, Requeijão e Queijo Fundido, bem como Comercialização de Queijos e Manteiga na Unidade de Ponte do Rol, Torres Vedras (correspondente ao número de controlo veterinário PT RLT 54 CE)”.

 

Ao nível do Tratamento de Águas Residuais, a SALOIO conta com uma ETAR desde 1993, tendo sido redimensionada em 2000. Todas as águas residuais industriais resultantes das lavagens e águas residuais domésticas são conduzidas, por rede de esgotos própria, à ETAR situada na unidade industrial.

O tratamento é constituído por uma gradagem grosseira onde são removidos os sólidos de maior dimensão não separados durante o processo de produção. Em seguida o efluente passa por um tamizador onde se efetua uma segunda remoção de sólidos de menor dimensão.

O efluente é bombado através de uma estação elevatória para um tanque de homogeneização onde se procede à equalização e neutralização do efluente.

Em seguida o efluente é encaminhado para um pré tratamento num digestor de tratamento anaeróbio antes do tratamento aeróbio.

Segue-se o arejamento com lamas ativadas e decantação.

 

A SALOIO realiza a identificação dos seus aspetos ambientais (atividades, produtos e serviços), com vista a determinar aqueles que têm ou podem vir a ter impacte significativo sobre o ambiente (aspetos ambientais significativos). Esta identificação é efetuada considerando situações de funcionamento normal, anormal e de emergência, relativas a situações presentes, passadas ou futuras.

 

Na sua organização, a SALOIO identificou como principais aspetos ambientais significativos situações relacionadas com o consumo de águas e energias (gás e eletricidade), bem como relacionadas com o tratamento do seu efluente. Cada aspeto ambiental significativo é sujeito controlo e monitorização específicos.

 

 

Responsabilidade Social Empresarial

 

Tendo como valor essencial de trabalho o compromisso com a comunidade, a SALOIO tem vindo a desenvolver de forma sustentada um projeto na área da Responsabilidade Social. Em 2007, a Saloio foi distinguida com o Prémio Regional de Igualdade na Diversidade, pelas boas práticas de Responsabilidade Social que tem implementado. No âmbito deste papel ctivo na comunidade, a SALOIO apoia várias instituições, tanto em donativos pecuniários como em géneros alimentares. Algumas das instituições apoiadas pela Saloio APECI, Associação Dianova, ASAS de Ponte do Rol, ASAS de S. Mamede, Banco Alimentar Contra a Fome, Casa Mãe do Gradil, Crinabel, Comunidade Vida e Paz, Lar Nossa Senhora da Luz, Ponterrolense, Santa Casa da Misericórdia de Torres Vedras e da Lourinhã, entre outras.